A dor como reflexo do seu ego.

A pratica de ashtanga yoga é dinâmica por natureza, porém sua intensidade é controlada pelo praticante. Sempre enfatizo para os alunos não estereotiparem o asana em suas mentes, e sim aceitem o que seu corpo oferece para que possam ter conforto para conduzir uma boa respiração, pois os bandhas e a respiração Ujjay são a prioridade, assim os asanas vem como consequência dessa estrutura. Os sentidos ficam atentos  as fotos na internet, a mente deseja fazer aquele asana, e o ego confirma o desejo de ambos afirmando que você é capaz de fazer isso hoje! Essa é uma boa receita para obter lesões e frustrações. Lembrando que muitos dos asanas complexos e lindos das fotos, possuem por trás anos de tapete esticado diariamente e molhado com suor.

tīvra-saṁvegānām-āsannaḥ 
O objetivo é alcançado através da prática constante e interrupta.. Yoga Sutra 1.21

A serie é permeada por asanas que vão ficando cada vez  mais desafiadores e complexos, mas o principio não pode ser esquecido. O proposito é yoga (conexão) é ter profundidade de concentração para frutificar em transformação interior. Se o aluno tem paciência e mantem uma pratica constante, o resultado é inevitável: o corpo se abre e permite que as sensações da transformação se manifeste de maneira natural. Essa é a beleza da série, um trabalho construtivo e galgado através de literalmente muito suor e dedicação. Mas com leveza, serenidade e bom humor. Devoção seria uma palavra cabível para praticantes que fazem isso diariamente. Leveza da vida útil para o corpo conseguir praticar asanas por toda a vida.

mṛdu-Madhya-adhimātratvāt tato’pi viśeṣaḥ
Esta prática pode ser leve, moderada ou intensa. Yoga Sutra 1.22

Chegamos ao yoga quase sempre com diferentes padrões de comportamentos não saudáveis, entre eles está a competitividade com outros e nós mesmos. No nosso inconsciente os padrões sempre nos levam a querer chegar onde muitas vezes nós não sabemos se queremos realmente ir, ou se estamos preparados para percorrer esse caminho. Mas devido a um esteriótipo provocado pelo desejo da mente e consolidação do ego devido a sua natureza afirmativa acaba nos colocando em situações indesejáveis como lesões e dores quase sempre gratuitas devido a nosso desejo de ser como os outros, outros esses que não somos nós.

O foco tem que ser a disciplina! Dessa forma acontece o efeito terapêutico, esse é o método. Se a dor, ouça seu corpo e não force, apenas respire e mantenha as contrações, exercendo a aceitação de suas limitações físicas e mentais. A dor é sempre um sinal de alerta do seu corpo.

O yoga sendo um processo para toda a vida, permite que possamos sempre exercitar o que somos hoje e criar a oportunidade para melhorar amanhã. Os asanas são uma grande ferramenta de auto-reflexo. Estique seu tapete e vamos respirar, mas com respeito a si mesmo…

Om Tat Sat

Junior (Jay Gauranga)

Anúncios