Antibiótico de baunilha.

Esse texto é uma experiencia limitada e pessoal minha como professor, é uma concepção que sempre discuto com os alunos aqui no Goura Shala.

Eu comparo a pratica de ashtanga yoga como um antibiótico, pois é uma pratica muito eficaz e  intensa. Sendo assim, como qualquer processo de cura, é preciso tomar na dosagem certa juntamente com a distancia certa de horário. Assim como é o método tradicional deixado  pelo Pattabhi Jois, existe o dia de descanso, as luas e por ai vai…

Seguindo a analogia do antibiótico, quando você vai numa farmácia comprar o mesmo, você encontra a opção de tomar sabor baunilha. Isso mesmo! É inserido um sabor para que fique mais atraente a ingestão.

Sim, esse é o ponto em questão! A pratica diária dentro do método é como um antibiótico eficaz, e uma vez que os asanas vão avançando na serie, junto com o ambiente  quente com pessoas bonitas e alongadas, os amigos do sanga (egregora) e todos  esses aparatos externos que vem junto com a pratica surge o sabor baunilha! Que é muito bom por sinal, isso é inegável. Um novo estilo de vida com novas amizades, uma sacola cheia de folha verde no bau da bicicleta ouvindo um som de mantras no fone de ouvido.

Nada como ver uma criança obediente tomando um remédio de manira regular, mas o fato do remédio ser “saboroso” não exclui o entendimento de que o proposito é a cura!

Ok, vamos ser breve:

Tapas a disciplina é a prioridade, assim como o tratamento com antibiótico sabor Baunilha.

Mas a transformação interna e alivio de sofrimentos em todos os âmbitos são a essência.

Focar a perfeição dos asanas sem respeitar seu corpo e colocar apenas energia em ganhar mais e mais, demostra nada mais que uma criança achando que pelo fato de o antibiótico ser doce não existe a necessidade de cura.

Tapas (focar a disciplina) svadyaya que é a atenção em si e a fundamentação teórica do tratamento que está sendo feito é crucial. Mas Ishvara Pranidhana é o entendimento que a entrega e confiança na cura é o mais importante. É ali que mora a verdadeira e mais profunda transformação proposta pela pratica, essa oportunidade de um novo olhar apos um trabalho honesto e intenso.

É ver o quanto o valores éticos e morais deixam de ser regras seguidas, e passam a ser parte de mim mesmo como expressão do meu ser.

Observo muitos alunos que estão a meses trabalhando um único asana, “estagnados na serie” mas em contra partida a disciplina no trabalho esta dando uma oportunidade de se aprofundarem em suas amarras que dificilmente iam ter em outras situações na vida.

Isso é a busca pela cura!

Também estou tentando junto com os alunos refinar mais minhas intenções no yoga, realizar que o sabor baunilha vem pra ajudar no processo, mas a verdadeira proposta é a cura!

Qual cura? O que é a cura?

Também não sei, como crianças no yoga continuemos se medicando diariamente, e gradualmente a calmaria da nossa mente, nos permite entender o que vem a ser a cura!

Pratique e tudo virá…

Abraços e boa pratica.

Junior (jay Gauranga)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s