O asana nos revela Yama e Nyama.

A pratica de ashtanga vinyasa yoga no primeiro momento parece ter uma abordagem apenas física, mas conforme o aluno avança e ganha profundidade, a percepção dos sentidos se torna muito clara para si mesmo e a mente cada vez mais forte. O vinyasa (movimento e respiração) leva o aluno há uma meditação em  movimento. O ‘viny’ significa colocar de forma adequada, que nesse caso seria o asana, porém na evolução do vinyasa o aluno passa a ganhar leveza, como se ele aprendesse a lidar com a gravidade há seu favor, e assim se torna cada vez mais leve e a pratica flui com equanimidade e segurança. É dito que no Yoga-Korunta está escrito:

                          “Óh yogui, não pratique asana sem vinyasa.”

   Sendo o vinyasa a base da pratica, o Trishtana (tri no sânscrito três) são os principais características do processo.

*Asanas: são posturas físicas que criam determinada estrutura no seu corpo favorecendo a melhor circulação energética devido a tonificação e alongamento muscular. Purificando o sistema nervoso favorecendo mudanças de padrões que no inicio são físicas e futuramente mentais. Lembrando que os bandhas (contrações musculares em determinadas partes do corpo) atuam sempre em conjunto com os asanas criando maior estrutura e favorecendo o acumulo de calor e  concentração de energia.

*Ujjayí: a respiração, ujjayí deriva da raiz ujji (conquistar). Com uma leve contração da laringe estreitando a passagem de ar produzindo um  rugido na garganta enquanto respiramos. T.K. Desikachar traduz ujjayí como “aquilo que limpa a garganta e dá domínio sobre o peito.” Essa respiração também colabora para manter a temperatura do corpo elevada. Sendo uma respiração  fluida não permitindo a retenção do ar nos pulmões, o tempo para a combustão é mínimo, sendo assim o corpo se aquece cada vez mais.

*Drishti: o foco, a direção do olhar. Em cada postura há um ponto especifico para direcionar o olhar. Possui efeito estimulante nos músculos e nervos ópticos e através deles, no sistema nervoso central, auxilia o processo de estabilização da mente, sendo muito útil contra depressão e melhora da memória favorecendo diretamente  a concentração.

   Os bandhas em conjunto com a respiração ujjayí, alavancado pelos saltos gera calor aumentando a temperatura do sangue e purificando órgãos e músculos, expelindo toxinas indesejáveis e liberando hormônios através do suor que nutrem o corpo uma vez que esfregado na pele. Pattabhi Jois falava que sangue “grosso” é sinal de saúde ruim e que através da disciplina da pratica o sangue ia se tornado “fino” livre de impurezas. Mas não podemos deixar de ressaltar que a alimentação é essencial para manutenção do sangue ‘fino’.

    Os asanas apenas, não são a prioridade na pratica, pois o Trishtana (asanas,ujjayí e drishti) mais o vinyasa irão levar o aluno há um a pratica sólida e profunda tendo como resultado a execução de asanas perfeitos, ou seja, com firmeza e leveza.

        Yoga Sutra 2.46     SHTIRA SUKAN ASANAM

                            A postura do yoga é firme e confortável.

Notemos que o conceito de equilíbrio entre o esforço e o conforto é o fator essencial para caracterizar a perfeição do asana, e não sua função estética. Assim concluímos que se existe alguma meta a ser alcançada numa etapa inicial para o praticante, seria ela o sadhana (atitude diária de esticar o tapete), pois assim, o praticante será capaz de transitar entre sensações e sentimentos constantes que se tornam favoráveis para seu auto-conhecimento ,e assim achar o equilibrio entre firmeza e conforto. Expandindo esse conceito para fora do tapete, ou seja, na vida pratica, com certeza os yama (auto-controle) e nyama (observâncias) irão se manifestar de forma natural e espontânea criando raízes e fazendo uma base sólida para sua vida espiritual. Seja bem vindo aos primeiros passos do yoga. Crie suas raízes! Om Shant…

 

                                                                                              Junior (jay Gauranga)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s